Wulong

Diretor: Davi Garritano

 

(21) 986 661 988

davi.garritano@gmail.com

Av. Nossa senhora de Copacabana n. 1133, sl 1101 - Copacabana - RJ

Tai Chi Chuan

     Tai Chi Chuan 太極拳 (ou Taijiquan) é um tesouro da herança cultural chinesa. De um lado filosofia, poesia, uma maneira de ver a vida e seus mistérios. De outro lado, uma prática corporal que fortalece sua saúde, podendo ser trabalhada tanto como ferramenta terapêutica quanto como arte marcial, aumentando sua habilidade e foco. Seu entendimento contempla vários níveis de profundidade, desde uma ginástica para o dia-a-dia, até uma profunda prática de libertação interior.

     "Tai Chi" 太極 (ou "Taiji") é considerado na China um conceito fundamental do Pensamento Taoísta. A teoria do Taiji desenvolve uma via de compreensão da relação do ser-humano com o universo e a presença de espírito no fluxo incessante das coisas que se expressa no movimento da vida. Literalmente, Taiji significa "Suprema Polaridade", o último limite, que no caso são os dois extremos para mais e para menos.  Os chineses entendem o desenrolar da vida como um movimento do universo expresso numa dinâmica de alternância e complementariedade de tendências opostas conhecidas como yin-yang: a expansão e o recolhimento, o aquecimento e resfriamento, a iluminação e o escurecimento... Os ciclos da natureza, os movimentos fisiológicos do corpo, as alternâncias no estado de humor, dentre outros fenômenos que experimentamos cotidianamente, se fazem presente no campo da consciência e nos afetam a todo instante. Taiji é visão integral dos opostos. Se falamos de quente e frio, Taiji significa temperatura; se falamos de claro e escuro, Taiji é a luminosidade. A grande Arte está em encontrar o "caminho do meio" e viver em harmonia. 

     A partir desta teoria, base da Medicina Chinesa, muitas práticas foram desenvolvidas, dentre elas, o Tai Chi Chuan (Taijiquan) - onde Chuan 拳 (ou quan) significa "punho", e por isso designa uma arte marcial: uma prática corporal (no contexto marcial) baseada na teoria do Taiji (yin-yang). Esta prática tem como objetivo a harmonização do fluxo vital do praticante. Nesse processo, o indivíduo reorganiza seu sistema energético, o que regula seu ritmo fisiológico, ordena seus pensamentos e aclara o espírito para aquilo que realmente lhe é importante. É uma prática com efeitos a curto e longo prazo capaz de gerar profundas transformações.

     Combinando movimentos suaves e vigorosos conduzidos sob um ritmo lento e contínuo o praticante busca harmonizar o fluxo de seu Qi 氣 ("sopro vital"), regulando ação, respiração e o poder da intenção. O resultado da prática regular é sentido tanto no nível físico quanto no psíquico: a mente alerta e calma, o corpo forte e flexível.

Arte Marcial

     O Tai Chi Chuan é uma prática que decorre do entendimento da dinâmica vital desenvolvida pelos chineses há muito tempo, numa época em que éramos mais conectados com o ritmo da natureza e suas manifestações. Em sua essência, foi desenvolvida como uma arte marcial, mas hoje em dia muitos buscam o Tai Chi Chuan para fortalecerem sua saúde. É preciso perceber outros horizontes do conceito de marcialidade e estender sua compreensão para outras dimensões do cotidiano - a atitude em relação à vida, sua relação com os outros, suas escolhas e posição no mundo.

     Começamos no contato com a respiração, a modulação da sua atenção em diferentes aspectos do exercício, e então o movimento em si. Um sistema cuidadosamente desenvolvido para aguçar seus sentidos, deixá-lo mais ágil e conectado com suas emoções e instintos. É uma ferramenta para refinar seu poder pessoal.

     Nos estágios iniciais posturas e exercícios simples de respiração. Com o tempo, sequências de movimentos devem ser trabalhadas e executadas com perfeição. A prática com colegas e o manuseio de armas o colocará diante de novos desafios no ajuste de seu corpo, sua respiração e seu estado de espírito.

     O trabalho voltado à Defesa Pessoal é muito bem-vindo e deve ser conduzido com respeito e cuidado, caso contrário pode se tornar apenas mais uma via de expressão para suas frustrações e medos.

Venha conferir!!!

Arte da longa vida

     Com base na Medicina Chinesa e em práticas espirituais antigas, o Tai Chi Chuan conduz você ao reencontro com sua força vital, desabrochando seus potenciais e fortalecendo sua saúde para desfrutar de suas capacidades como desejar. O fortalecimento do corpo é a primeira etapa, na qual você regula a função vital mais básica (a respiração), envigora o sangue, a energia e fortalece os tecidos (ossos, músculos, ligamentos).

     Gradualmente com o entendimento prático da teoria do Taiji e das experiências singulares decorrentes da prática regular, uma nova consciência começa a surgir e um profundo processo de autoconhecimento se faz presente. Eventualmente, aumentando sua compreensão da teoria e aplicando na prática, dominando seu corpo e mente através do movimento, você começa a estender o Tai Chi Chuan para diversas áreas de sua vida.

     Com a prática regular você regula suas funções vitais a partir da harmonização do fluxo de seu qi (o "sopro vital"). Diversas dores e desequilíbrios crônicos em seu organismo como insônia, crises de ansiedade, dentre muitos outros, podem ser regulados com a prática. Uma ginástica marcial e exercícios de interação com os outros que trabalham todo o corpo em harmonia com a respiração e a mente alerta.

Gong Fu 功夫

     Este termo parece ter sido popularizado por Bruce Lee em seus filmes, e de maneira equivocada ficou rotulado como a arte marcial chinesa. De fato, este termo tem íntima relação com a arte marcial, mas não se resume a isto.

     Literalmente, Gong  (Gung ou Kung) quer dizer "aplicar energia a algo" ou "trabalhar", "desenvolver". Fu  significa alguém que é habilidoso, mestria adquirida ao longo do tempo. Unindo os dois caracteres temos a ideia de energia, disciplina e dedicação empregadas ao longo do tempo, o que certamente gera domínio e habilidade em determinado campo. Gong Fu pode ser aplicado em qualquer área da vida, e como resultado do trabalho duro trará frutos... Você se tornará um mestre nesta área!

     Todo conhecimento adquirido e vivenciado em última instância passa pelo campo de sua consciência, e portanto, é um autoconhecimento. Gong Fu no contexto marcial está diretamente associado a como você se relaciona com a dinâmica conflito-paz que jaz no seu interior; um trabalho que dura toda uma vida e revela sua força interior. Por extensão, reflete em sua conduta no dia-a-dia, e a maneira como você se posiciona diante das dificuldades lhe traz ensinamentos. E a cada vez que você superar um desafio você se tornará mais sábio e forte que antes... No caminho de se tornar um mestre de si mesmo.